Mamoplastia Redutora

Também conhecida como mamoplastia redutora, a redução de mama remove o excesso de gordura, o tecido glandular e a pele para atingir um tamanho de mama proporcional com o seu corpo e aliviar o desconforto associado com seios muito grandes.

 

O sucesso e a segurança de seu procedimento de redução de mama dependem de sua sinceridade durante a consulta. Você será questionada sobre:

 

  • A razão pela qual quer se submeter à cirurgia;

  • As condições médicas, alergia medicamentosa e tratamentos médicos;

  • Uso atual de medicamentos, vitaminas, medicamentos naturais, fumo, álcool e drogas;

  • Histórico familiar de câncer de mama e resultados de mamografias ou biópsias anteriores.

A mamoplastia redutora será uma boa opção?

Primeiramente, para ser uma boa candidata a este procedimento, analise as afirmações abaixo e veja se há identificação com elas:

 

  • Você estiver fisicamente saudável,

  • Você tem expectativas realistas,

  • Você não fuma,

  • Você está incomodada com a sensação de que seus seios são muito grandes,

  • Seus seios limitam sua atividade física,

  • Você tem dor nas costas, pescoço e ombro causada pelo peso de seus seios,

  • Você tem depressão nos ombros, no lugar das alças do sutiã, devido ao peso de seus seios,

  • Você tem irritação da pele abaixo do sulco da mama,

  • Seus seios são flácidos e pendentes,

  • O mamilo está abaixo do sulco da mama quando seus seios não são sustentados,

  • Você tem aréolas alargadas e pele flácida.

 

Como me preparo para a cirurgia?

Previamente à cirurgia, pode ser necessário:

 

  • Realizar exames laboratoriais ou avaliação médica,

  • Tomar certos medicamentos ou ajustar os medicamentos atuais,

  • Fazer uma mamografia de base antes da cirurgia e outra após a cirurgia para ajudar a detectar quaisquer mudanças futuras no tecido mamário,

  • Parar de fumar bem antes da cirurgia,

  • Evitar tomar aspirina, antiinflamatórios e medicações naturais, pois podem aumentar o sangramento.

 

O que acontece durante a cirurgia?

O procedimento cirúrgico é simples e sempre é realizado em centro cirúrgico hospitalar. Abaixo uma explicação, de uma forma resumida, o que acontecerá desde o pré até o pós-operatório.

 

Etapa 1- Anestesia

  • Medicamentos são administrados para o seu conforto durante o procedimento cirúrgico.

  • As opções incluem sedação intravenosa e anestesia geral e eu irei recomendar a melhor opção para você.

 

Etapa 2 – Incisão

Opções de incisão incluem:

 

  • Padrão circular em torno da aréola. As linhas de incisão que permanecem são visíveis e as cicatrizes permanentes, no entanto, geralmente ficam bem escondidas sob maiô ou sutiã,

  • Padrão de fechadura ou forma de raquete, com uma incisão ao redor da aréola e, verticalmente, para baixo, até o sulco da mama,

  • Padrão de incisão em forma de T invertido ou de âncora.

 

Etapa 3– Remoção do tecido e reposicionamento

  • Após a incisão, o mamilo (que permanece com seu suprimento sanguíneo original) é reposicionado.

  • A aréola é reduzida através da excisão de pele no perímetro, se necessário.

  • Tecido mamário subjacente é reduzido, levantado e modelado.

  • Ocasionalmente, em casos de seios extremamente grandes e pendentes, o mamilo e a aréola podem precisar ser removidos e transplantados para posição mais alta no seio (mamilo enxerto livre).

 

Etapa 4 – Fechando as incisões

  • Aproximam-se as incisões para remodelar a mama, agora, em menor tamanho.

  • As suturas são realizadas em camadas profundas dentro do tecido mamário para criar e sustentar os seios; suturas, adesivos, pele e/ou fita cirúrgica podem fechar a pele.

  • As cicatrizes são permanentes, mas, na maioria dos casos, tendem a melhorar significativamente ao longo do tempo.

 

Quais preocupações terei pós-operação?

Você precisará de ajuda, então não deixe de pedir a alguém que o acompanhe e fique com você, pelo menos, a primeira noite pós cirúrgica.

 

Após a cirurgia, curativos ou bandagens podem ser aplicados sobre as incisões e você pode ser envolto em uma bandagem elástica ou sutiã para minimizar o inchaço e sustentar os seios. Um dreno pode ser temporariamente colocado sob a pele para drenar qualquer excesso de sangue e de fluido que possam acumular.compressão para minimizar o inchaço e sustentar os novos contornos da mama à medida que cicatrizam.

 

Quais serão os resultados?

Os resultados finais podem ser inicialmente obscurecidos pelo inchaço e por sua incapacidade de ficar totalmente na vertical até que a cicatrização seja finalizada. Dentro de uma semana ou duas, você poderá ficar totalmente em pé e estará mais confiante com o seu novo perfil.

 

O novo tamanho da mama ajudará a aliviar a dor e as limitações físicas existentes previamente à cirurgia. A mama mais proporcional poderá melhorar sua autoestima e autoconfiança.

 

Sua satisfação vale mais que os custos da cirurgia!
 

A mamoplastia é um procedimento ALTAMENTE INDIVIDUALIZADO E VOCÊ DEVE FAZÊ-LO PARA SI MESMO, NÃO PARA SATISFAZER OS DESEJOS DE OUTRA PESSOA OU PARA SE ADAPTAR A QUALQUER TIPO DE IMAGEM IDEAL.

 

Lembre-se que a cirurgia de redução de mama não corrige seios severamente caídos. Se você deseja um resultado que corrija a flacidez, o procedimento de elevação da mama pode ser realizado ao mesmo tempo que a redução de mama ou, então, pode ser necessária uma segunda cirurgia.

 

Se você ainda tem dúvidas, não deixe de perguntar à mim ANTES da cirurgia. Questione TUDO o que considerar importante, pois isso é fundamental para sua tranquilidade e segurança.