Otoplastia

Cirurgia da orelha – também conhecida como otoplastia – pode melhorar a forma, a posição ou as proporções das orelhas. A cirurgia corrige um defeito na estrutura das orelhas presente desde o nascimento, que se torna aparente com o desenvolvimento, ou trata orelhas deformadas causadas por lesão.

 

A otoplastia cria uma forma natural, dando equilíbrio e proporção às orelhas e à face. Correção de deformidades menores pode beneficiar a aparência e a autoestima, pois trata:

 

  • Orelhas muito grandes – uma condição rara chamada macrotia,

  • Orelhas salientes que ocorrem em um ou ambos os lados em diferentes graus – não associados à perda auditiva,

  • Insatisfação do adulto com a cirurgia prévia da orelha.

A otoplastia será uma boa opção?

Primeiramente, para ser um bom candidato a este procedimento, analise as afirmações abaixo e veja se há identificação com elas:

 

  • Se orelhas salientes ou desfiguradas lhe incomodam;

  • Você não tenha doença com risco de vida ou condições médicas que possam prejudicar a cicatrização;

  • Não é fumante;

  • Você tem visão positiva e metas específicas dos resultados.

 

Como me preparo para a cirurgia?

Previamente à cirurgia, pode ser necessário:

 

  • Previamente à cirurgia, pode ser necessário:

  • Fazer exames de laboratório ou avaliação médica,

  • Tomar certos medicamentos ou ajustar seus medicamentos atuais,

  • Parar de fumar com bastante antecedência à cirurgia,

  • Evitar tomar aspirina, antiinflamatórios e medicamentos naturais, pois podem aumentar o sangramento.

 

O que acontece durante a cirurgia?

O procedimento cirúrgico é simples e sempre é realizado em centro cirúrgico hospitalar. Abaixo uma explicação, de uma forma resumida, o que acontecerá desde o pré até o pós-operatório.

 

Etapa 1- Anestesia

  • Medicamentos são administrados para o seu conforto durante o procedimento cirúrgico.

  • As opções incluem sedação intravenosa e anestesia geral e eu irei recomendar a melhor opção para você.

 

Etapa 2 – Incisão

  • A correção de orelhas em abano usa técnicas cirúrgicas para criar ou aumentar o anti-hélice (apenas dentro da borda da orelha) e para reduzir a cartilagem da concha (a concavidade maior e mais profunda do ouvido externo).

  • As incisões para otoplastia são geralmente feitas atrás da orelha.

  • Quando incisões são necessárias na parte da frente da orelha, as mesmas são feitas nas suas dobras para escondê-las. Internamente, sutura não removível é usada para criar e fixar a cartilagem recém moldada.

 

Etapa 3 – Fechando as incisões

  • Suturas, adesivos de pele, fitas ou clipes são usados para fechar as incisões na pele.

  • Pontos externos fecham as incisões.

  • As técnicas são individualizadas, tomando cuidado para não deformar as demais estruturas.

 

Quais preocupações terei pós-operação?

Você precisará de ajuda, então não deixe de pedir a alguém que o acompanhe e fique com você, pelo menos, a primeira noite pós cirúrgica.

 

É normal haver desconforto logo após a cirurgia, sendo o mesmo controlado com medicação para dor.

 

Pode haver sensação de coceira sob as ataduras, mas é importante que as mesmas permaneçam intactas e não sejam removidas de modo algum. Se esta recomendação não for seguida, pode resultar na perda de parte da correção, sendo necessária nova cirurgia.

 

Quais serão os resultados?

A otoplastia oferece resultados quase imediatos em casos de orelhas em abano, visíveis tão logo os curativos que sustentam o novo formato do ouvido são removidos. Como a orelha posiciona-se permanentemente próxima à cabeça, as cicatrizes cirúrgicas são escondidas atrás da orelha ou em suas dobras naturais.

 

Resultados de cirurgia e reconstrução mais extensas da orelha podem aparecer ao longo do tempo.

 

Sua satisfação vale mais que os custos da cirurgia!
 

A otoplastia é um procedimento ALTAMENTE INDIVIDUALIZADO E VOCÊ DEVE FAZÊ-LO PARA SI MESMO, NÃO PARA SATISFAZER OS DESEJOS DE OUTRA PESSOA OU PARA SE ADAPTAR A QUALQUER TIPO DE IMAGEM IDEAL.

 

Se você ainda tem dúvidas, não deixe de perguntar à mim ANTES da cirurgia. Questione TUDO o que considerar importante, pois isso é fundamental para sua tranquilidade e segurança.